sexta-feira, 26 de junho de 2009

"Poeta é aquele que tira de onde não tem, e bota onde não cabe." Pinto do Monteiro

Já dizia o sábio repentista Pinto do Monteiro: "Poeta é aquele que tira de onde não tem, e bota onde não cabe", a frase ilustra uma situação engraçada. Clarissinha, minha filha, hoje com 9 anos, me acompanha às vezes na rádio. Ela adora desenhar, então sempre que eu recebia um convidado, e ela por lá estava, presenteava-o com um desenho. O poeta Jeguedé, grande poeta, recebeu o desenho acima e logo escreveu:

"Vai a galinha correndo
Vai a lagartixa andando
O sol está clareando
O chocolate eu pretendo
O bode aparecendo
Lá no meio da campina
O dedo aponta e ensina
O caminho da casinha
Onde mora Clarissinha
Aquele amor de menina."

Por Jeguedé
(Histórias do livro "Voz do Sertão- um desafio no repente".)

Um comentário: